QUEM SOMOS

capa_bem-sacado

Bem-vindos!

 

Perfis

Diana

Quando foi que me deu o click do tênis? Tudo aconteceu quando fui passar as férias com a minha família em um condomínio de campo. Meu marido já jogava tênis, imediatamente me veio aquela imagem dele se divertindo e fazendo novos amigos e eu me sentindo um peixe fora d’agua. Foi neste instante que resolvi pela primeira vez pegar a sua raquete pesada e tentar a qualquer custo jogar este esporte que parecia ser fácil. Assim seria um jeito de me sentir integrada no grupo e de ter a oportunidade de conhecer novas pessoas da comunidade. Me lembro direitinho deste dia como se fosse ontem, porque enfrentei uma temperatura de 5 graus e um frio de rachar!!

Posso dizer que foi amor a segunda vista, a primeira foi a do meu marido , é claro! Kkkkkk

Desde então, há 10 anos nunca parei de jogar tênis. Como o previsto, conheci uma centena de amigos e a minha vida nunca mais foi a mesma.

No ano de 2010, me tornei responsável pela administração desta modalidade no condomínio.

Participo de competições, faço aulas e procuro sempre melhorar meu desempenho na quadra. Sempre brinco com as pessoas dizendo que jogar tênis é mais que um esporte é a minha terapia! Além de fazer um bem enorme para cabeça, me deixa em forma e feliz.

Tênis é uma verdadeira paixão!!!!

Diana Roth, 47 anos e administradora

 

LiaSou paulista e minha história no tênis começou aos 14 anos de idade, quando uma amiga me convidou para fazer aula com ela.

Logo nas primeiras aulas já senti uma intimidade enorme com a raquete e facilidade em aprender. Infelizmente, depois de um ano, tive que interromper as aulas para me dedicar ao vestibular.

Depois de 20 anos, já casada e com filhos, resolvi retornar ao esporte, já que todos da minha família também jogavam tênis. Mas desta vez foi diferente, me encantei e viciei!!!!! Não sei se foi a maturidade, se foi por acompanhar meu filho em campeonatos da federação. Só sei que cada dia o meu amor pelo tênis foi crescendo, crescendo e crescendo até me tornar totalmente dependente deste esporte fascinante.

Descobri que jogar não é apenas pegar na raquete e bater na bola. Senti o quanto este esporte é amplo em conhecimentos tanto na atividade propriamente dita, quanto no conhecimento pessoal e emocional. Percebi que tenho ainda muito a descobrir e que talvez não tenha fim. O mundo tenístico pelo qual eu me dirijo é simplesmente mágico e cheio de emoções.

Hoje em dia sou diretora do infantojuvenil do tênis do Clube A Hebraica e quando não estou cuidando do departamento de tênis e da minha família, estou sempre buscando uma forma para melhorar a minha performance para a prática deste esporte que sou tão dedicada e apaixonada .

Lia Kauffman Herszkowicz, 39 anos, publicitária e apaixonada por tênis.

simone-perfilCresci com a minha família jogando tênis. A minha mãe vivia falando para eu aderir ao esporte e eu sempre revidava dizendo que era esporte para velhos. O meu único contato nas quadras era ser boleira quando todos jogavam em Ibiuna, aonde eu tinha uma casa de campo para ir nos finais de semana. Mas o que eu gostava mesmo era passar o meu dia fazendo ginástica na academia, com objetivo de ter o corpo sarado. Este foi o motivo que me levou a fazer faculdade de educação física e hoje sou personal trainer.

Há cinco anos, resolvi buscar uma atividade que me permitisse sair desta confinação de academia, pois o meu lazer tinha virado trabalho.

Pedi a raquete de tênis emprestada para a minha mãe e lá fui eu fazer uma aula experimental . Depois de uma hora percebi que estava totalmente equivocada que o tênis era uma esporte para velhos! Sai da aula totalmente molhada de suor e feliz. Senti que este seria o esporte adequado para mim, pois pela primeira vez consegui não pensar em nada a não ser na bolinha e no jogo. Foi uma verdadeira meditação!!

Desde então tudo mudou na minha vida….

Hoje em dia , além do meu trabalho, casa e família, passo os meus finais de semana participando de torneios de tênis. Até já tenho alguns trofeuzinhos na estante da minha casa.

Simone Muro Lebensztajn , 49 anos e apaixonada por tênis !