A PARCEIRA MANDONA – QUADRO SEM NOÇÃO

Você já jogou duplas com uma parceira que o tempo todo reclama da sua posição na quadra e que a cada erro que a dupla faz ela diz que a culpa é sua? Pois é já tive esta experiência e não foi nada agradável.

Normalmente quando jogo duplas espero me divertir em quadra. Independentemente se ganhamos ou perdemos um jogo. O divertido é jogar o seu melhor, conversar com sua parceira, vibrar a cada ponto, montar tática de jogo e até dividir as derrotas.. enfim passar momentos agradáveis com amigos. Nem sempre os jogos são “lights” e surgem alguns “stresses”. Principalmente quando jogamos com mulheres rss..

Mas neste dia, realmente, essa minha parceira, que por sinal joguei pela primeira vez me tirou do sério. Ela se posicionava toda vez no chamado “mata burro”, cometia vários erros mas ficava o tempo todo me dizendo onde eu deveria me posicionar. Eu normalmente incentivo meus parceiros quando erramos e, às vezes, até sugiro algo para tentarmos melhorar nossa performance, MAS NUNCA reclamo de alguém quando jogo. Mesmo que ele possa até jogar mal. Acho deselegante e inclusive acaba com a auto estima do outro. Esse tipo de comentário só pode piorar o jogo.

Pois bem ela não parava. Eu cheguei a pedir para ela não ficar me chamando a atenção. Disse que eu estava fazendo o meu melhor, mas chegou um momento que eu desisti. Perdi a vontade de jogar. Entreguei os pontos…

Já te aconteceu algo semelhante? Conte para a gente,

Abs

Diana

As autoras  deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
 

Deixe uma resposta