Uma história de vida que começou no tênis e continua até hoje.

Mauro Menezes, ex-jogador profissional, foi um dos maiores duplistas brasileiros.  Com vários títulos em sua carreira, chegou a ficar em 62 na categoria de duplas e entre os 170 do mundo na simples . Mauro jogou contra os melhores tenistas da época, Ivan Lendl, Pete Sampras, Jim Courier e  John McEnroe. Representou o país duas vezes na Copa Davis, quando foi considerado o melhor duplista do Brasil.

MAURO solo

Casado com uma psicóloga esportiva, há 27 anos, tem um filho que está estudando nos Estados Unidos e nos disse que deve tudo ao mundo do tênis.

“Aprendi a jogar tênis com 8 anos de idade na cidade de São Paulo, mas foi com 12 anos que, realmente, deu um click e o tênis me pegou de tal maneira que não conseguia nem mais estudar! Nesta época, eu morava na cidade de Riberão Preto e resolvi me mudar para os Estados Unidos para me dedicar aos estudos e ao tênis. Depois de muitas tentativas e com determinação, consegui meus primeiros pontos no ATP.  Sempre fiquei muito dividido entre as duas modalidades, simples e duplas.
De toda esta experiência, tenho um único arrependimento: só mais tarde, com a maturidade, percebi que poderia ter continuado a jogar mesmo depois dos 28 anos,  a idade com que parei. Participei de alguns torneios com 35 anos e joguei até melhor, porque minha visão de jogo era maior do que na época em que jogava profissionalmente.”

Assista a entrevista exclusiva que Mauro fez para o Bem Sacado

Hoje em dia, Mauro Menezes trabalha no Clube Harmonia como Head Pro,  responsável principalmente pelo desenvolvimento do tênis para mais de 400 alunos. Continua jogando torneios de veteranos e é sócio de uma academia, a MEM, com Fernando Meligeni, onde dão aulas e locam sua quadra para todos aqueles que querem desfrutar do tênis.

“Assim, realmente, posso contribuir de uma forma ativa difundindo o nosso esporte”, disse Menezes.

E assim, passamos mais uma tarde, fazendo uma entrevista especialmente para você!😊

Abs

Diana e Simone

As autoras  deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.