Conheça um pouco da história do celebrado Indian Wells.

Esta semana começou o ATP/WTA de Indian Wells, também conhecido como BNP Paribas Open, um torneio que acontece num dos locais mais lindos para assistir tênis professional. 

Indian Wells fica próximo a Los Angeles e a poucos minutos de Palm Springs e é conhecida como o deserto da Califórnia.

Para quem não conhece a história de Indian Wells, o torneio foi criado em 1989, mas passou a acontecer no Indian Wells Tennis Garden, quando este foi inaugurado em 2000.

Indian_Wells-Tennis_Garden

O complexo esportivo conta com vinte quadras de tênis, incluindo o estádio central (16 100 lugares) e dois estádios menores. É o segundo maior estádio ao ar livre do mundo.

Por ser ATP Master Series, inclui noventa e seis jogadores na chave de simples. Os trinta e dois cabeças de chave pulam a primeira rodada (começam de bye).

É um dos únicos torneios não-Slam, fora Miami que se estende por duas semanas, incluindo os qualificatórios.

Assistir a uma competição que só tem feras do tênis em um cenário paradisíaco, faz com que o Indian Wells seja considerado o evento tenístico com maior público depois dos Grand Slams.

Durante as duas semanas em que acontece, recebe mais de 250 000 espectadores. E mais: é o ATP com maior premiação em dinheiro,U$7,9 MM em prêmio, só ficando atrás dos quatro Grand Slams.

Mesmo com toda a fama e charme, o torneio não pode contar com as irmãs Williams nos últimos anos, em função de um incidente racial ocorrido em 2001.

As irmãs se enfrentariam na semi-final, mas Venus estava lesionada e desistiu da partida, o que teria gerado um grande descontentamento do público. Tanto que durante o jogo da final Serena disse ter ouvidos gritos de insultos raciais vindos das arquibancadas.

Depois disto, como protesto, Serena e Vênus não puseram mais os pés nas quadras do Indian Wells, por mais de 10 anos. Esse boicote deu o que falar no mundo do tênis, mas elas ficaram irredutíveis até 2015, mesmo sendo ameaçadas de sofrerem sanções financeiras e de pontuação nos rankings.

Serena Indian Wells

Acalmados os ânimos, Serena voltou em 2015 e Venus voltou em 2016. Afinal, tratava-se de estar dentro de uma das principais competições do calendário feminino.

Depois de um ano afastada das quadras, pelo nascimento de sua filha, Serena volta com tudo em 2018.

Se você também é fã do Indian Wells, acompanhe o Bem Sacado que traremos notícias e curiosidades do evento.😉

As autoras  deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.