Outro vício que contagia!

Simone
Quando saí para jantar, com o meu filho, de 10 anos, vi que ele estava pegando os lacres das latinhas que estavam sobre a mesa. Me interessei logo em saber porquê. Ele me disse que se enchesse garrafas pet com estes lacres, estaria ajudando as pessoas a ganharem cadeiras de rodas. Imediatamente, abracei a causa. Imaginem que já saí de um restaurante com um saco de lixo cheinho de latinhas! Meu marido até ficou envergonhado!!rsrs

Essa campanha boca-a-boca pegou de tal forma que muita gente também passou a colaborar e a me entregar garrafas cheias de lacres.

IMG_0565

Este vício pega mesmo! Contagiou as meninas do Bem Sacado que se empenharam em participar e, aproveitando que o nosso blog é, também, um canal de divulgação, fica aqui a nossa dica: ajude a quem precisa. É simples assim: apenas recolha os lacres, encha as suas garrafas e entregue ao Sr. João Clemente de Freitas Junior que aparece aqui no vídeo. Ou ligue para a DAS ( Departamento de Ação Social) que fica no clube Pinheiros.

cadeira03

Para que uma cadeira de rodas seja doada é necessário 100 garrafas pet de 2 litros com lacres ou 70 kg de lacres que serão encaminhados para uma metalúrgica pela ONG Fazer o Bem Transforma.

Segue aqui no vídeo o contato de Sr. João caso você se empolgue como a gente! 👊😉

 

 

Já abriu uma latinha hoje? Você pode começar a guardar.

Agradecemos a todos que nos ajudaram, entre eles, Moacyr Libman, Aracy Pittare, Rosemary Langue e  Betty Lebensztajn.

Faça o Bem você também! 👊
abs

Simone, Diana e Lia 😊

As autoras  deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.