Como seu estado psicológico pode te derrubar nas quadras

Quando jogamos tênis nossa performance está sendo influenciada por quatro aspectos principais : tático, técnico, físico e mental.

Os tenistas, normalmente, começam treinando a técnica e o físico. No estágio seguinte, vem o aprendizado da tática. O mental, muitas vezes, nem é treinado. Acaba evoluindo naturalmente na prática, com muitas horas em quadra. À medida que os esportistas vão se tornando mais maduros, eles percebem a importância das questões emocionais e mentais.

É possível que jogadores com técnicas piores saiam vencedores ou tenistas tecnicamente excelentes percam o jogo pela instabilidade emocional? Sim! Você já deve ter presenciado casos assim.

O professor Prado nos explica, abaixo, quais são os quatro estágios de condições emocionais e o que acontece em cada um deles, segundo o psicólogo americano, Dr.James Loehr, especializado em esportes de alto rendimento

 

Você acha que está mentalmente forte para competir? Não é simplesmente uma questão de habilidade e competência. Você deve se preparar, psicologicamente, para um jogo. Isso envolve capacidade de:

– lidar com o stress,

– se recuperar rapidamente após um erro ou fracasso;

– determinar estratégias em situações difíceis;

– se adaptar a mudanças;

– celebrar o sucesso

e principalmente se manter positivo antes, durante e depois de um jogo

Existem técnicas específicas para o fortalecimento emocional. Elas aparecem em vários jogos de profissionais. Jogadores chamando a torcida, esfriando um jogo pedindo tempo, vibrando a cada ponto, olhando e mexendo nas cordas, balançando antes de sacar ou devolvendo um saque são algumas delas.

Técnicas de visualização ,mentalização, concentração, relaxamento e respiração podem fazer você tramitar entre um estágio e outro e, mais ainda, aprender a manipular esses métodos com o adversário. Essas táticas são utilizadas para aumentar ou diminuir os graus de energia.

Segundo o Dr. James Loehr, é muito importante você relaxar entre os pontos, mesmo que tenha cometido um erro. Não fique chateado, limpe a sua mente, relaxe, respire fundo, se concentre e se prepare para o próximo ponto. Foco no presente e não no ponto que passou e não se preocupe em perder ou ganhar o jogo .

Embora a energia positiva não garanta uma vitória em quadra, com certeza , uma energia negativa pode levar, em pouco tempo,  à perda de um jogo. A raiva, por exemplo, pode limitar sua capacidade de jogar na sua máxima potência, podendo reduzir, drasticamente, seu nível de confiança, aumentando suas chances de perder um jogo.

Portanto, é evidente o quanto é importante nunca deixar o psicológico em segundo plano. Ele deve fazer parte do treinamento de todo tenista, para que ele seja um esportista completo.

Para alcançar esse status, não é de um dia para o outro. Assim como as habilidades físicas e técnicas, as psicológicas necessitam de conhecimento, prática e de um bom tempo para serem assimiladas e automatizadas.

Abç,

Diana

As autoras deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética    ou quaisquer  outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúniaofensafalsidade ideológicamultiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa.   Comentários sobre assuntos  que não são tratados aqui   também   poderão ser  suprimidosbem como comentários com links. Este é um espaço públi co e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.