Cada pessoa nasce com uma estrela.

As vezes, fico pensando nas tragédias que acontecem na vida das pessoas e elas sobrevivem . Outras, por tão pouco, morrem. Agora, mais do que nunca, me convenço que nascemos com uma luz , uma estrela e com um destino que temos que enfrentar.

tieme bebe

 

Tieme Suehara Feitosa, com 1 ano e meio de idade foi atropelada por uma roda de trator, quando corria em direção a sua mãe.

Naquela ocasião, seu pai decidiu ir contra a decisão do médico que queria amputar a perna, fácil assim. Imaginem se fosse o seu filho? Aí, que horror!!!! Realmente seu pai foi muito corajoso e perspicaz em ter batido o pé e seguido adiante com a sua opinião que era totalmente diferente dos outros. Optaram por o médico vir todos os dias à sua casa para limpar e fazer curativo para que não houvesse uma infecção no joelho lesionado.

Tudo , menos ficar sem uma perna.

Com muita fé, otimismo e sorte, depois de muita dedicação de todos à sua volta, Tieme cresceu fazendo esportes na escola, contou que era uma maneira de fazer fisioterapia, já que era muito pobre para ter algum tipo de tratamento personalizado.

Começou, então, a competir pela escola, jogando volei e tênis de mesa, quando ganhou a sua primeira raquete de tênis de mesa e foi muito incentivada pelo amigo de seu pai.

Aos 35 anos mudou para São Paulo, morava perto de um professor que tinha uma quadra de tênis em casa e foi aí que tudo começou.

Participou de alguns torneios abertos de simples e conseguiu chegar até a segunda classe, mas, infelizmente, teve que parar por causa de uma artrose. O médico disse que se ela quisesse jogar por mais tempo, teria que jogar apenas duplas e em quadras de saibro.

Durante vários jogos ela se lesionou muitas vezes e em lugares diferentes do corpo, mas não desistiu.

IMG_1537

Hoje, com 61 anos, Tieme joga de 3 a 4 vezes por semana. Faz aula particular, mas sempre prioriza jogar duplas.

O mais incrível foi quando perguntei a ela se tinha ficado na cadeira de rodas ou usado muletas quando era pequena, devido ao acidente , ela me respondeu:

“eu não me lembro , acho que fiquei um bom tempo sem andar porque hoje em dia adoro bater perna.”

Até a próxima!😉

Segredinho de Tieme: “Depois do acidente, apareceu de surpresa um Senhor de idade na minha casa, dizendo que havia uma criança precisando de oração. Ele rezou por mim, escreveu um bilhete em japonês, grudou na porta de saída e pediu para a minha mãe guardar. E ele simplesmente desapareceu. O mais curioso é que ninguém conhecia este homem na região. Hoje eu posso dizer que fui abençoada!”

 

Esta é mais uma história real de superação  do Bem Sacado.

 

As autoras deste blog reservam-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.